Se tenho sonhos, logo existo!
Estudo x Trabalho, qual o melhor caminho para quem está saindo da escola?

  • 27/10/2016 00:24:51


  • Na vida de um estudante, chega um tempo em que é preciso escolher entre estudar e/ou trabalhar, essa “pulguinha” atrás da orelha sempre permanecerá rondando os ouvidos. Ouve-se que os nossos avós, pais e familiares não precisavam estudar tanto para conseguir um bom lugar no mercado de trabalho, já a geração de hoje, precisa estudar e estudar muito para alcançar seus objetivos. Vale avaliar aonde queremos chegar e como faremos para caminhar até lá!

    Uma pesquisa que a Revista Veja publicou, acerca do Vestibular e as Relevâncias que os estudantes davam aos estudos e ao trabalho para conseguir realizar seus sonhos, enfatizaram qual o caminho que eles acreditavam ser o mais eficiente. Os resultados foram esses:

    38% disseram que estudar é o melhor caminho;
    31% acredita que trabalhar dá mais resultado imediato;
    15% economizar;
    4% pedir aos pais;
    0,7% ganhar na loteria;
    0,3% ter fé em Deus;

    Percebe-se que grande parte dos entrevistados disse que estudar e trabalhar são os melhores meios de se conseguir chegar ao lugar estipulado e conquistar seus sonhos.
    É posto que o mercado de trabalho esteja cada dia mais exigente, hoje só a graduação já não é o bastante, as especializações tem ganhado grande significância para as instituições contratantes e até as qualificações no nível de Mestre e Doutor também conquistam alguns pontinhos a mais na hora de contratar um profissional.

    Ah, é claro que quando estabelecemos algumas metas, o caminho pelo qual se traçará para chegar lá é o que conta, se pretende se formar logo e trabalhar, os cursos técnicos são uma boa, se quer trabalhar e não estudar precisará pesar os pontos bons e ruins dessa decisão (a qualquer momento pode chegar alguém mais qualificado e assumir o seu lugar naquela vaga), se pretende ter uma formação profissional, a graduação é a melhor escolha. Lembrando que é possível trabalhar e estudar, desde que se mantenha uma organização precisa entre as atividades desempenhadas na faculdade e as que são atribuídas no trabalho. Tentando manter uma boa relação entre as duas coisas.

    Feita essa discussão, a melhor saída é traçar metas e objetivos e buscar o melhor caminho a se chegar lá. Boa sorte!