Lá vem o Vestibular!
É normal se sentir ansioso perto do vestibular, mas é importante tomar alguns cuidados para não deixar esse sentimento te dominar.

  • 27/10/2016 00:24:51


  • Nesta época do ano, grande parte dos estudantes, sobretudo do ensino médio, já está começando a sentir o peso do vestibular, que acontece geralmente entre os meses de novembro e dezembro. É normal sentir aquele friozinho na barriga, aquele medo da reprovação, aquela sensação de que estudou, estudou e ainda não sabe nada. Mas, acalme-se! Pois, cabeça quente não funciona muito bem.

    Sobre este tema, a psicóloga Kathia Maria Costa explica que a ansiedade, o estresse, sintomas físicos como o aparecimento de espinhas e dores no estomago, e até mesmo depressão são quadros cada dia mais frequentes no ano que antecede o vestibular. Ela coloca ainda que, os problemas emocionais acabam afetando o momento da realização da prova, e muitos alunos, mesmo que preparados, não conseguem um bom desempenho por conta da ansiedade do momento.

    É claro que, manter-se em um estado de total equilíbrio é dificílimo diante de um dia em que você será avaliado, mas é possível diminuir essa tensão, desde que você tenha tudo em seu devido lugar, ou seja, ter horas diárias de estudos é importante, manter uma boa alimentação, deixar um tempo para o seu hobby preferido, trocar uma ideia com a sua família sobre este momento, solucionar dúvidas com seus professores e assim vai. Lembre-se de que quanto mais você estiver organizado (a), mas fácil é se tranquilizar.

    Manoel Guilherme escreveu em forma de poema o que se passa com os estudantes, atualmente. Confira abaixo:

    Estudante

    Uma mente, uma semente
    que se lapida constantemente,
    entre o acerto e o erro,
    não há divergência.

    Apenas o início de uma vida acadêmica,
    entre os trilhos e as veredas,
    nasce o aluno, nasce gente!
    É uma ânsia, angústia
    e a vontade de crescer,
    demonstrando, sempre, teoremas, epistemologias
    no lócus a crescer!

    É a descoberta de um mundo,
    seja ele obscuro ou promissor,
    já que depende de investimentos
    na criança e doutor (a).

    É a luz, que se abre na busca do novo,
    do cognoscente, da Ciência,
    que precisa ser lapidado
    para não se perder os talentos.

    Eis que escola que se preze,
    transforma seus talentos em alunos,
    em gente!

    É isso aí, foca no vestibular! Fique calmo e faça o seu melhor, as oportunidades costumam aparecer pra quem tem força de vontade.

    Texto de Cayla Souza, estagiaria de Psicologia da Unicesumar.