Ânimo, cadê você meu filho?
Veja algumas dicas para não deixar a motivação fugir no final de ano.

  • 27/10/2016 00:24:51


  • Ao nos depararmos com o fim do ano letivo, já vêm aqueles pensamentos de que não nos lembramos de mais nada já estudado. O ano sempre começa muito agitado, cheio de surpresas, de coisas novas e vai se modificando ao longo dos meses. Na metade do ano, o cansaço começa a aparecer. Mas caro leitor, o fim do ano é quando nos arrastamos para que ele acabe o mais rápido possível, não é? Pois bem, vamos tratar sobre isso!

    Está certo que o ano está acabando e que as energias já estão se esgotando cada dia mais. No entanto, muito cuidado – o vestibular vem aí. Esse período precisa ser aproveitado como qualquer outro, até porque agora é hora de manter o foco. É claro que, não se está com uma reserva de disposição para as aulas, cursinhos, provas e tudo mais. Contudo, o esforço é o que conta e pode te ajudar a se destacar na prova, considerando que muitos já perderam o ânimo para os estudos.

    Gostaria de deixar alguns passos que encontrei no Blog “Concurseira Desesperada” que relaciona a falta de ânimo e motivação para os estudos, sobretudo próximo de provas e concursos. Todavia, no seu caso, troque as palavras (exemplos) do contexto de concursos, por vestibulares e provas. Bora sair desse sofá e manter o foco!
    10 Dicas Para Recuperar o Ânimo

    Vejam:

    1. Arrume um lugar tranquilo e iluminado para estudar.
    2. Arrume uma cadeira confortável.
    3. Distancie-se de telefones, televisões e geladeiras na hora dos estudos.
    4. Se o seu local de estudos for a casa, avise a família para não te incomodar quando estiver estudando.
    5. Se a família te incomodar mesmo assim, vá estudar na biblioteca.
    6. Não compare o seu desempenho com o dos seus colegas. Cada um tem um ritmo diferente.
    7. Não chore sobre o leite derramado. Se você foi mal em uma prova, levante a cabeça e continue estudando. O lema é PERSISTÊNCIA.
    8. Não dê ouvidos a comentários de terceiros, tipo: "A sua prima começou a estudar na semana passada e já passou para Juíza." O seu único adversário é você mesmo.
    9. Não tenha tempo para sentir preguiça. Organize um cronograma e cumpra-o fielmente. Se você pensar na preguiça, ela vai te pegar. Então, não dê chance a ela.
    10. Imagine o seu nome em um contracheque de 10 ou 20 mil reais. Se facilitar a visualização, faça um contracheque "de mentirinha" no computador. Isso anima qualquer concurseiro!

    Feita essa discussão, cuide para não perder as oportunidades, como dizem: “A sorte é um cavalo arreado que passa a galope só uma vez”.

    Texto de Cayla Souza, estagiária de Psicologia da Unicesumar.